As irmãs Cristiane e Aline são moradoras da cidade de Cajamar, na grande São Paulo, e empreendem na mesma cidade, em um bairro chamado São Pedro. 

A vontade de empreender no ramo de fraldas começou com Cristiane, que sempre trabalhou no segmento – ela era vendedora em uma loja de fraldas e artigos infantis. Além de gostar do que fazia, Cristiane gostava de perceber que o seu trabalho não era apenas vender um produto, e sim, participar, de alguma forma, de momentos especiais da vida dos clientes, por exemplo: comprar sapatinhos para anunciar a gestação, o período gestacional, conhecer o recém-nascido, vê-lo crescer e se desenvolver. 

Cristiane notou que em seu bairro, e nos bairros do entorno, não havia nenhum tipo de estabelecimento parecido, com o foco em fraldas, por isso, fez essa sugestão de empreendimento à uma amiga, que até tirou a ideia do papel, mas não deu continuidade. Então, quando ficou desempregada, ela decidiu que era o momento de agir, e quando se deu conta disso, sua irmã, a Aline, também acabou ficando desempregada, e topou fazer parte dessa aventura profissional com a irmã.

Reino das Fraldas inaugurou no dia 7 de setembro de 2018, já tem pouco mais de um ano, e muitas mudanças já aconteceram. No início, a loja ficava em um local que as irmãs alugavam do próprio pai, pagando uma ajuda de custo, que nem consideravam como um aluguel, de fato, mas pagavam rigorosamente. A rua onde ficava o estabelecimento era movimentada, havia um fluxo de pessoas, porém, não era o suficiente para que os clientes fossem atraídos e as contas batessem.

Foi nesse momento que elas perceberam que as pessoas que precisam das fraldas, sejam mães de recém-nascidos, ou familiares/ cuidadores de adultos acamados, não tem disponibilidade de tempo para estar sempre indo comprar os insumos necessários. Então, implementaram o serviço de entregas em domicílio. As empreendedoras encontraram nessas entregas uma maneira de fidelizar o cliente, claro que isso também demandou outra percepção: não adiantava as duas tratarem muito bem o cliente, tanto no pré-venda quanto no pós venda, se o motoboy que fosse fazer a entrega, não desse continuidade a esse tratamento diferenciado e especial. Não era apenas entregar a fralda, era o atendimento como parte de algo maior. 

Já que não conseguiram alguém para isso, decidiram fazer as entregas, uma ou outra, de carro, mesmo gastando mais gasolina do que uma moto gastaria, mas, com a certeza do bom atendimento que preza pela fidelização do cliente. Cristiane, no caso, já deu até dicas de cuidados com idosos, para algumas pessoas que não estavam sabendo lidar com a situação de uma doença que acaba pegando de surpresa, por exemplo. Isso cativa a confiança e o carinho dos clientes, e, segundo elas, compensa o que muitas vezes as finanças não pagam. Mas todo empreendimento, para ser sustentável, precisa que as contas estejam em dia e o dinheiro girando.

As assessorias com a Aventura de Construir iniciaram em junho de 2019, e elas logo perceberam que teriam que melhorar, mudar e implementar muitas coisas, por exemplo, a divisão de tarefas, planilhas feitas no Excel, reuniões fora da loja e fora do horário comercial. Após a primeira assessoria já começaram a colocar em prática um plano de ação para a divisão de tarefas:

EmpreendedoraTarefas
Cristiane Vendas (call center e online), marketing, comercial.
AlinePlanilhas no Excel, atendimento na loja.

Antes das assessorias, elas sabiam o que era PDV (ponto de venda), percentual de lucro, cálculo de lucro sobre faturamento, porém, não colocavam nada em prática. Sempre acabavam deixando isso de lado. Postura que mudou bastante, pois atualmente tudo é passado para o Excel e calculado, adotaram a organização como uma prática cotidiana.

Logo após a loja se estabilizar nos primeiros meses, já apareceram dois concorrentes no bairro, um deles quase na mesma rua. Nesse período, elas logo vivenciaram algo que coloca à prova muitas características de um empreendedor: guerra de preços. Um dos concorrentes vendia fraldas com um valor muito abaixo do praticado pelas irmãs no Reino das Fraldas. Quando isso aconteceu, elas não tiveram outra alternativa, perceberam que não poderiam entrar no mesmo ritmo dele, pois sairiam perdendo. Os poucos produtos que chegaram a expor com o preço de custo, logo viram que não compensava fazer esse tipo de oferta, e com o apoio das assessorias, decidiram manter seus preços, e conquistar os clientes da maneira que sempre fizeram, com a fidelização e o tratamento diferenciado de atenção e pós-venda ao cliente. 

O concorrente não resistiu à sua própria estratégia, e acabou não dando certo. Outro concorrente chegou, inclusive, a oferecer sua loja às irmãs, pois também não conseguir manter e fidelizar o público local.

Diante do cenário positivo, surgiu ainda uma nova oportunidade: a chance de ter a loja em uma das avenidas mais movimentadas de São Pedro. Abraçaram essa oportunidade de um local vazio e a proposta de aluguel mais caro, e fizeram a mudança da loja em julho de 2019.

A mudança foi muito positiva e isso se reflete no faturamento: 

Houve sim o aumento no valor do aluguel, porém, agora elas economizam com:

·         Divulgação – Pois estando em um ponto comercial numa avenida com  mais movimento, com casa Lotérica, bancos, creche, posto de saúde, tudo muito perto do empreendimento, as pessoas automaticamente veem a loja e já passam para saber algo, comprar um pacote de fraldas, etc.

·         Entregas em domicílio – Basicamente pelos mesmos motivos citados acima, já que as pessoas vão até a avenida.

Além das economias, o novo endereço comercial, está permitindo que as empreendedoras possam sonhar cada vez mais alto, sabendo que é possível realizar.

Um ponto muito positivo do trabalho das duas irmãs, é que elas lidam com um público feminino jovem, que acabam se deparando com a gravidez em um momento ainda muito precoce em suas vidas, e nesse momento, elas não apenas vendem fraldas e produtos para o bebê, como também atuam com o acolhimento e o cuidado necessário com essas jovens. O cuidado tanto nas palavras, quanto nos apontamentos positivos sobre a gestação e amenizando, então, um pouco da ansiedade que naturalmente permeia esse momento. É esse cuidado que tem feito a diferença e potencializando Cristiane e Aline como empreendedoras, tomadoras de decisões e parceiras de seus clientes.

_______________________________________________________________________________________________________

Aventura de Construir