Dia 17/02, 22:00, recebemos o e-mail com a apresentação da capacitação de Cristiane e Aline Moura, microempreendedoras e irmãs, donas da loja “Reino das fraldas”, localizada na cidade de Santana do Parnaíba, no bairro São Pedro.

A AdC convidou as duas irmãs para preparar a terceira capacitação do ciclo “Criando e fortalecendo seu negócio”.  A proposta foi aceita com todo cuidado e empenho necessário. Com o título “O processo de um negócio com poucos recursos”, Cris e Aline surpreenderam a todos com a didática exibida. 

A capacitação ocorreu no dia 18/02, terça-feira, apresentou 18 participantes, e foi dividia em seis partes: 

  1. Pesquisa de mercado
  2. Fornecedores
  3. Negociação x Compras
  4. Controle de faturamento mensal
  5. Dúvidas
  6. Dinâmica

inicialmente, Cris lembrou a todos que sua história não era diferente da deles. Disse também que esperava que novas perspectivas fossem criadas por meio do conhecimento concreto, a partir dessa realidade comum.

Ao falar do 1º tópico, ela enfatizou a necessidade presente, na vida de todos microempreendedoresde formular determinadas perguntas sobre seus negócios: “Meu negócio tem demanda de clientes em minha região? Como identificar meu cliente em potencial? Quem são meus concorrentes e como trabalham?”. 

De forma geral, Cris incentivou a todos presentes que realizassem uma pesquisa sobre seus empreendimentos. E caso as respostas não fossem imediatas, estava mais do que na hora de buscá-las. 

Os microempreendedores possuem dificuldade em realizar contato com os fornecedores por serem menores do que outras empresas, no entanto, Cris ensinou alguns métodos para facilitar este encontro. Após a identificação, o pagamento em dia, a fidelidade e uma frequência maior de compra contribuírem para manter uma parceria saudável. 

O crescimento do negócio não acaba com as perguntas, pelo contrário, elas devem aumentar, afinal, este movimento de refletir sobre o próprio trabalho que garante que o empreendimento se torne cada vez mais potente.

“Eu entendo meu negócio? Minhas vendas são o suficiente para eu alcançar meus objetivos e ter sucesso e cumprir com as minhas dívidas?”

Para começar responder as perguntas acimas e tantas outras, Cris e Aline expressam como ponto fundamental saber quanto custa sua loja. Mas como? Entendendo e registrando os gastos fixos e variáveis da empresa.

De nada vale um registro, se ele não é utilizado como ferramenta de análise, por isso, é preciso entender o que os dados mostram e a partir deles, determinar metas e estratégias para cumpri-las.

Muitos esquecem, mas é preciso acrescentar na lista de gastos fixos, o pró-labore, conhecido também como o tão famoso salário. 

Cris e Aline mostraram uma tabela de gastos fixos e variáveis, e depois todos participaram de uma dinâmica! 

A sala da capacitação virou uma empresa, e em consenso, definiram:

  1. Segmento da empresa
  2. Gastos fixos e variáveis
  3. Dias a se trabalhar

Ao somar todos os gastos e dividir pelos dias trabalhados, o valor encontrado é a base para entender o negócio e definir as metas. E é fundamental o acompanhamento diário para situar o contexto em que o empreendimento vive e, se necessário, rever as metas. 

Cris e Aline compartilharam que, não vão folgar no carnaval, pois tem metas diárias, claras e estabelecidas e precisam cumpri-las. O fato de serem donas do negócio não as liberam de responsabilidades, pelo contrário.

Não acaba por aí, após uma capacitação incrível como essa, tivemos a presença de Joyce Baena, fundadora da La Graciaempresa de comunicação que possui como alguns de seus pilares a empatia e a horizontalização.

Um dos objetivos da La Gracia é “tornar a comunicação algo compreensível e interativa” e a partir desta premissa, Joyce dividiu os participantes em grupos e pediu para que refletissem por alguns instantes sobre as dificuldades cotidianas de seus empreendimentos, na área da comunicação, que gostariam de resolver.

Depois, os grupos comentaram suas questões com os demais participantes, compartilhamos algumas das respostas:

  • Falta de tempo para postar em redes sociais
  • WhatsApp, como utilizar esta ferramenta para potencializar meu negócio?
  • Como inserir meu empreendimento no Google Maps
  • Como criar campanhas sazonais / datas comemorativas
  • Dificuldade em postar fotos (tirar fotos e edição)

O objetivo desta conversa ainda é segredo! Mas garanto que vem mais coisa por aí.

Ainda na mesma noite, recebemos algumas mensagens sobre a capacitação e dividimos uma com vocês:

“Nossa to maravilhada com esse curso eu estava dormindo um sono profundo e agora acordei”

Agradecemos imensamente a Cris e Aline que toparam com toda a empolgação e cuidado realizar a capacitação do dia 18/02. Que cada um continue a se tornar protagonista de sua própria história e a inspirar e contribuir com a história dos outros.

_______________________________________________________________________________________________________

Aventura de Construir