Protagonismo que Nasce da Terra, por Kalil Farran

Quando pensamos sobre alimentos orgânicos, é muito comum lembrarmos dos benefícios à saúde gerados pelo seu consumo. Ao preferirmos alimentos sem agrotóxicos, estamos optando por preservarmos o nosso corpo do risco de consumir substâncias nocivas. Da mesma forma, esse tipo de produção é lembrada pelos benefícios que gera ao meio ambiente, já que não agride a terra com os chamados defensivos agrícolas. Entretanto estas não são todas as matizes que envolvem o mundo da produção orgânica.

O empreendedorismo, dentro deste tipo de produção, não deve ser ignorado. Os agricultores, partindo de uma relação respeitosa com a terra, compreendendo as necessidades e potencialidades ali presentes, tomam o controle de seus negócios e, assim, tornam-se protagonistas de suas vidas. É fundamental que esta característica empreendedora seja lembrada nas discussões sobre alimentos orgânicos e esteja interligada com todo o resto da cadeia produtiva.

Este é um dos aspectos trabalhados no projeto “Desenvolvimento das habilidades empreendedoras de microprodutores orgânicos de baixa renda”, desenvolvido pela Aventura de Construir, e financiado através da Lei de Incentivo à Cultura pelo Carrefour. A ação consiste em capacitações para produtores de diversos estados brasileiros e, posteriormente, na produção de um média-metragem sobre o projeto.

Todos estes tópicos são tratados com mais detalhes no artigo “Protagonismo que Nasce da Terra”, do nosso parceiro Kalil Farran, e que foi publicado ontem no blog do Fausto Macedo, no Estadão. As reflexões sobre a importância do empreendedorismo dentro deste universo podem ser lidas na íntegra neste link. Acesse!

Admin Admin