Os diferentes tipos de mídia e suas possibilidades

Continuando a parceria com a Agência Experimental Benjamin, da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, a FECAP, o Blog AdC desta semana traz o artigo “Os diferentes tipos de mídia e suas possibilidades”, produzido pelas estudantes de Relações Públicas Anna Longo e Bruna Ferreira, com supervisão da professora Paula Barros.

Confira abaixo!

Por Bruna Ferreira e Anna Longo

Nos artigos anteriores falamos sobre a importância da comunicação corporativa e como as empresas podem aproveitar dos benefícios do meio on-line para promover-se como marca. Levando esse tema adiante, hoje vamos abordar as melhores práticas de posicionamento de marca nas mídias digitais de acordo com o propósito de cada uma delas.

Como cada tipo de mídia é focada em determinados formatos, a escolha da melhor opção está ligada ao seu público-alvo. Portanto, confira a seguir as 5 redes sociais mais relevantes para negócios e identifique quais delas se adequa melhor ao seu cenário:

LinkedIn

Considerado como a maior rede profissional do mundo, o LinkedIn é a principal rede na qual empresas e profissionais conectam-se. Independentemente do nicho que você está inserido, o LinkedIn é um espaço no qual você pode encontrar uma pluralidade de temas, profissionais de diferentes áreas, além de páginas comerciais de empresas de diversos segmentos ao redor do mundo, que usam a rede como vitrine para expor mais detalhes sobre sua empresa, produtos e/ou serviços. Logo, percebe-se o potencial que essa rede possui de promover o networking, criar conexões de valor e, o mais importante, promover o posicionamento de sua marca.

Uma das melhores formas de fazer isso no LinkedIn é com produção de conteúdo relevante em formato de textos e artigos. Estes formatos possuem alta taxa de engajamento e te permitem fazer marketing de conteúdo. Pense na expertise da sua empresa, seu ramo de atuação, as novidades de mercado da área e pense em como você pode agregar conhecimento ao seu público, além de, consequentemente, promover diálogos na rede.

A possibilidade de escrita de artigos no LinkedIn veio como um complemento à publicação de textos no feed, que tem um limitação de caracteres. Independentemente do formato que escolher para seu conteúdo, se mais objetivo ou mais longo e detalhado, o ato de utilizar a rede como ferramenta para construir a sua influência pode fazer com que sua marca ganhe mais visibilidade e seja vista como referência na área, o que pode significar oportunidades para novos negócios.

Site Corporativo

Talvez um dos tipos de mídia mais tradicionais, mas também um dos mais essenciais para seu negócio além das redes sociais, é o site corporativo. Ele pode ser considerado como o cartão de visitas de uma Instituição, no qual o público pode ter acesso a informações completas e relevantes sobre sua empresa, além de ser o principal canal por onde as pessoas podem te alcançar, especialmente se pensarmos nos mecanismos de busca da Internet.

Uma vez tendo a navegação pelo site como porta de entrada, é essencial garantir que toda a comunicação visual e layout dele seja bem elaborada e a navegação intuitiva, a fim de causar uma boa primeira impressão de sua marca. Além disso, ter o conteúdo bem estruturado é peça chave para aproveitar esse espaço on-line para mostrar o que é sua empresa, para qual demanda ela foi criada a atender, qual é sua missão, visão e valores, novidades sobre a Instituição, etc. Além disso, o site em si pode servir como um meio que consolida as formas de contato com a empresa e os caminhos para as demais redes sociais.

Instagram

De início, concebido com o objetivo de apenas compartilhar momentos do cotidiano por meio de fotos, o Instagram passou de pequeno passatempo à quarta maior rede social do Brasil, de acordo com a pesquisa da We are social e Hootsuit. Hoje, a rede abriga mais de 1 bilhão de usuários ativos, de acordo com seus próprios dados internos, e além das tradicionais fotos com filtros, possibilita que o usuário grave vídeos curtos e longos para o feed.

As modificações graduais da plataforma baseadas no nascimento e crescimento de redes sociais como o Tik Tok, deixam explícito que a preferência pelos vídeos curtos, estilo Reels ganham muito mais destaque na plataforma e são entregues com mais frequência e facilidade para seus usuários. Mas a questão que se coloca é: como essa rede social pode ajudar em seus negócios?

Primeiramente, tenha em mente que por conta de suas mudanças graduais em favorecer os vídeos curtos, o Instagram pode deixar de priorizar conteúdos somente em imagens e que possuem grandes legendas. Por esse motivo, tenha em mente que se for possível passar a mensagem desejada por meio de vídeos mais dinâmicos e criativos, esta é a escolha mais acertada dentro da rede. Mas, se por algum motivo, a imagem ainda seja a primeira opção de formato de conteúdo para o seu negócio, tente condensar a informação mais nas imagens e nem tanto na legenda, trazendo um conteúdo de fácil absorção para aqueles que rolam o feed no dia a dia.

TikTok

A rede social “filha da pandemia”, que em 2021 já abrigava mais de 1 bilhão de usuários ativos mensais pelo mundo, segundo divulgação própria, virou a queridinha entre os jovens da geração Z, aqueles que nasceram no final da década de 1990, pela dinamicidade, possibilidade de expressão e criação de conteúdos diversos. O Tik Tok que antes possuía alcance limitado a países da Ásia, ganhou destaque como grande ferramenta de comunicação de marcas e empresas do mundo todo.

Apesar da rapidez na disseminação de conteúdo, facilitada pelo modo com que sua interface funciona, não serão todas as publicações que ganharão destaque na rede. Na maioria das vezes, os conteúdos espontâneos e co-criados de forma orgânica terão mais facilidade em conquistar os públicos. Mas não se engane, a plataforma abriga um ambiente democrático e inclusivo, que permite a existência de diversos tipos de vídeos e, se em seu negócio existe a possibilidade criativa para residir dentro desse lado da internet, não economize na criatividade para adentrar o mundo infinito do Tik Tok.

Facebook

Tendo o Brasil como o 3º maior usuário no mundo, o Facebook tem uma proposta de comunicação multimídia (ou seja, suporta diferentes formatos como fotos, vídeos, lives, textos, links, enquetes, etc) o que te permite maior liberdade e diversidade no momento de criar conteúdos.

O que devemos nos atentar no momento de criar uma conta para nossa empresa é o formato: perfil ou página. Enquanto o perfil é voltado para pessoas físicas, inclusive com quantidade limitada de amigos, a página é o formato ideal para pessoa jurídica, pois é um ambiente aberto a quem queira acessá-la, com número ilimitado de seguidores, além de diversas facilidades e ferramentas que essa opção oferece, como a Loja, onde você pode anunciar produtos para venda, o Facebook Ads, Estúdio de Criação e Insights, que conta com dados de desempenho e engajamento.

Texto supervisionado pela professora Paula Barros e revisado pela professora Renira Appa.


Vinicius Dutra