Por trás das lentes do fotográfo, há o olhar humano captando uma missão por meio de um clique. Esse clique eterniza determinado tempo e espaço, possibilitando que o retrato fale por si só e narre diferentes aspectos da vida humana. 

Se os olhos por trás das lentes de uma máquina fotográfica escolhem uma história para contar, Diego de Jesus elegeu belíssimas histórias durante o processo de captação de imagens para o projeto Identificam-se Protagonistas, mostra fotográfica que será lançada no MIS (Museu de Imagem e Som) dia 04 de Novembro de 2019 e ficará exposta no Metrô entre os meses de Novembro/2019 à Fevereiro/2020.

Mas como chegamos até aqui?

Há alguns meses, a Aventura de Construir percebeu – através de pesquisa aplicada com os próprios apoiadores da Associação – que o público doador ainda se identifica pouco com a nossa missão. O desenvolvimento territorial através do apoio ao microempreendedorismo perde para causas relacionadas à educação infantil, proteção animal, saúde, etc. Isto não seria um problema se as pessoas envolvidas na pesquisa não fossem justamente apoiadoras da nossa causa, o que nos revelou a necessidade de explicitar melhor sobre o que se trata nosso trabalho e fornecê-lo maior visibilidade. Afinal de contas, entendemos que o desenvolvimento territorial é elementar para que outras tantas frentes sociais possam ser executadas. 

Partindo desta realidade, decidimos então convidar o fotógrafo Diego de Jesus para registrar a história de alguns microempreendedores atendidos pela Aventura de Construir nestes anos na tentativa de compartilhar com a sociedade o protagonismo de algumas pessoas em suas comunidades. Num país onde empreender não é tarefa fácil, buscamos mostrar que é possível – mas que para isso é preciso mais do que força de vontade, por isso nós acompanhamos de perto nossos beneficiários, assessorando-os nos seus empreendimentos localizados em bairros de baixa renda.

Com este projeto fotográfico queremos nos comunicar, queremos dividir emoções, queremos dar um sentido para o trabalho dos microempreendedores, dos consultores que os atendem (direta e indiretamente), do próprio fotógrafo e de quem mais estiver disponível a mergulhar neste universo de narrativas que nos faz olhar para o presente, mas que também nos motiva a encarar o futuro com a beleza do olhar de quem sempre está em movimento para viver.

Segundo o fotógrafo italiano Guido Guidi, a “insistência do olhar é a única forma de conhecer as coisas, a realidade”. É dessa insistência que estamos falando e é com essa tenacidade que seguimos fazendo nosso trabalho, defendendo nossa missão e atuando na prática em prol do desenvolvimento territorial inclusivo através do apoio a protagonistas comprometidos com o microempreendedorismo. 

Para mais informações sobre o projeto Identificam-se Protagonistas: http://bit.ly/2Vkt0ES

_______________________________________________________________________________________________________

Aventura de Construir