Data storytelling: a importância da utilização de dados para sustentação de uma campanha

Continuando o conteúdo sobre storytelling, em mais uma produção realizada a partir da parceria com a Agência Experimental Benjamin, da FECAP, o Blog AdC desta semana traz o artigo “Data storytelling: a importância da utilização de dados para sustentação de uma campanha“, produzido pela estudante de Relações Públicas Anna Longo, com supervisão da professora Paula Barros.

Confira abaixo!

Por Anna Longo 

Data Storytelling: O que é?

Um dos braços do storytelling, o data storytelling, é uma maneira eficiente de passar uma informação através de dados específicos, permitindo que o receptor entenda a mensagem ou raciocínio a ser passado. O objetivo é construir uma narrativa e gerar empatia com uma marca ou instituição.

Aplicando o data storytelling

O data storytelling vem para dar um olhar mais humano e facilitar o entendimento com os números buscando fazer a tradução e “conexão de mundos”, melhorando, desta forma, a comunicação entre marcas e públicos.

Entendendo a importância de traduzir os dados para que eles alcancem o
público-alvo, um ponto de grande atenção na aplicação do data storytelling é o tempo. Observar a quantidade de tempo disponível para fazer o receptor perceber e entender a mensagem é extremamente importante para que o conteúdo não passe despercebido e também não seja maçante. Utilizando como exemplo os cartazes do projeto Aventure-se II, que estão expostos nas linhas do metrô de São Paulo, é fácil ilustrar que o conteúdo ali exposto busca alcançar pessoas que estão em trânsito e muitas vezes distraídas e, por esse motivo, devem ser sucintos e atrativos.

Para contribuir ainda mais com conteúdos que sejam de fato atrativos, a utilização de imagens e números com a formatação correta são essenciais para uma boa visualização das pessoas que estão transitando. No caso do exemplo citado, pode-se perceber que o uso de tal estratégia gera uma maior compreensão e quem sabe maior interesse dos receptores da mensagem em buscar mais informações sobre o que é proposto no projeto. E, cabe à marca, proporcionar o restante do conteúdo de outra forma, como QR codes que direcionam o leitor para o conteúdo na íntegra.

Por fim, frisamos que além de ser de extrema validez se importar com a forma que o conteúdo está sendo passado é fundamental sempre estar atento para que os dados não sejam distorcidos. O compromisso com a verdade deve sempre ser mantido para que a credibilidade da marca ou empresa não seja ameaçada.

Qual é a importância dos dados para sustentar uma intervenção como o projeto Aventure-se II?

Após entender um pouco mais sobre o data storytelling e sua importância para construir a narrativa das marcas e instituições que possuem os dados como principal fonte de comunicação com o seu público, é possível conceber que ao utilizar números para divulgar o projeto Aventure-se II, a ONG Aventura de Construir entende o impacto que pode causar na decisão de um possível investidor e de um empreendedor interessado em participar do projeto já que ambos recebem valores consolidados e retorno visual das ações realizadas.

Mas as decisões de ambos os públicos impactados não aconteceriam se os números fossem vagas informações soltas e sem contexto, distribuídas em um lugar desconexo e sem chance de alcançar as pessoas destinadas. Por esse motivo, a união dos dados com o storytelling, ou seja, com a criação de identificação e empatia do público com o conteúdo, é capaz de trazer resultados muito mais eficientes a longo prazo.

Supervisionado pela Profª Paula Franchischelli.

Maria Marcelino