Comunicação digital: Como a presença de sua empresa na internet pode ampliar o seu negócio e transformar o seu jeito de empreender

Continuando a parceria com a Agência Experimental Benjamin, da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado, a FECAP, o Blog AdC desta semana traz o artigo “Comunicação digital: Como a presença de sua empresa na internet pode ampliar o seu negócio e transformar o seu jeito de empreender”, produzido pelas estudantes de Relações Públicas Anna Longo e Bruna Ferreira, com supervisão da professora Paula Barros.

Confira abaixo!

Por Anna Longo e Bruna Ferreira

A comunicação digital pode ser entendida como o conjunto de ferramentas e ações estratégicas de comunicação implementadas na internet, de modo que você possa ganhar mais visibilidade e aproximar seu negócio das pessoas.

Para começar a pensar sobre o tema, podemos trazer alguns números importantes do relatório Digital 2021, elaborado e divulgado pelas empresas We are Social e Hootsuite, que aborda as últimas tendências sobre como as pessoas e empresas ao redor do mundo usam as mídias sociais. Segundo o relatório, 5,22 bilhões de pessoas usam um telefone celular hoje, o que equivale a 66,6% da população total do mundo. Existem agora 4,20 bilhões de usuários de mídia social, equivalente a mais de 53% da população total do mundo (Digital 2021). O mesmo relatório divulgado em 2019 constatou que o uso das redes sociais no Brasil tem um viés comercial: os usuários diariamente buscam por um serviço ou produto pela internet (Digital 2019).

Sabendo-se que a presença das pessoas nas mídias sociais torna-se cada vez mais expressiva e entendendo-se a motivação delas, muitas vezes para fins comerciais, por que não aproveitar essa facilidade proporcionada pela internet para estar onde seu público está? Em um mundo cada vez mais digital, é imprescindível que, aqueles que queiram promover a imagem e a marca, expandam sua presença do offline para o online.

Diferenças entre o mundo online e o offline

Até aqui, pode-se acreditar que a consciência sobre a importância da implementação de seu negócio no mundo online já seja maior, mas considerando-se o que foi dito anteriormente, o que de fato diferencia o mundo online do offline?

Pense em um cenário no qual você tenha uma pequena loja de eletrônicos em uma cidade do interior. O público que você recebe em seu estabelecimento, em geral, são moradores das redondezas que buscam por seus produtos e serviços pontualmente, quando existe uma demanda por algum item que você possa oferecer. Como neste cenário, que vamos chamar de offline, seu público é mais restrito, no momento em que ele não tiver a necessidade de recorrer a seus serviços, você poderá observar queda no faturamento.

Já com o universo de possibilidades proporcionadas pelo online, você pode ir além do público corriqueiro de sua região e atingir muito mais pessoas, expandindo assim a sua carteira de clientes e explorando até novas necessidades que esse público venha a ter. Com a rápida disseminação das mensagens que circulam na internet, sua marca pode se beneficiar disso para também ser reconhecida cada vez mais, superando inclusive as barreiras geográficas que por muito tempo poderiam ter sido um empecilho, como no cenário que usamos como exemplo.

Mas, vale um lembrete:

É necessário compreender que a comunicação digital pode apresentar algumas diferenças importantes a serem pontuadas, em comparação à comunicação “face a face”, uma vez que no online não é possível ter o controle do que o leitor irá interpretar daquilo que foi escrito. Para evitar os ruídos de comunicação, que são desentendimentos causados por falta de clareza e objetividade, é importante que se tenha domínio do conteúdo e total clareza ao direcionar a mensagem que sua empresa quer transmitir. Cremos que isso evitará boa parte dos ruídos.

Relação entre comunicação corporativa e comunicação digital

Aqueles que acreditam não ser possível, no mundo digital, organizar-se estrategicamente para gerar impacto e atingir quem se pretende, são surpreendidos ao entender que a comunicação corporativa tem como objetivo veicular a mensagem de forma estratégica e direcionada aos diferentes públicos que se relacionam com a empresa.

Entendendo que, com a comunicação corporativa, têm-se o objetivo de buscar a objetividade e o direcionamento de uma mensagem no meio digital, com maior abrangência e alcance do que se quer expor, terminando por gerar conteúdos mais amplos com o alcance de pessoas que até então não eram o alvo inicial. Esse tipo de comunicação terá o poder de entregar resultados importantes para o seu negócio, amplificando sua mensagem de forma que só o online é capaz de fazer, mas de maneira mais focada, nichada, contando com o auxílio das estratégias existentes dentro da comunicação corporativa.

As possibilidades do empreendedor na comunicação digital

Por conta dos últimos acontecimentos no mundo, o empreendedorismo, que já era um movimento crescente no Brasil, tanto por fatores econômicos quanto por fatores culturais, ganhou grande força e protagonismo nos dias atuais. Quando envolvemos a atividade de empreender à comunicação digital, entendemos que existem dois caminhos a serem seguidos: o de criar uma empresa do zero que só “habite” nas mídias sociais ou plataformas de entrega ou colocar nas mídias uma empresa já existente no mundo off line. Em ambos os casos existem benefícios quando entendemos as situações das empresas e o que o empreendedor pretende alcançar.

Para aqueles que estão no início, e possuem menos recursos para aprimorar o seu negócio, utilizar as redes sociais como vitrine inicial de seu trabalho, em união com uma comunicação direcionada e clara, acaba sendo uma alternativa interessante devido à economia com despesas como aluguel de espaço e contas básicas. A estratégia é válida, principalmente para aqueles que vendem roupas, acessórios, cosméticos, alimentos e artigos de decoração, por exemplo.

Já para aqueles que estão firmes no mercado e já estabeleceram uma imagem forte no meio ou local onde estão fixados, a comunicação digital pode exercer a função complementar no sentido de ampliar e estreitar ainda mais a relação com clientes já fidelizados, além de conquistar novos públicos que podem até não estar fisicamente próximos da empresa, mas, que por terem sido atingidos por uma boa comunicação direcionada, possam se sentir instigados a irem presencialmente ao estabelecimento ou até comprarem usando outras alternativas das próprias empresas, tal como o e-commerce.

Gestão de conteúdo e monitoramento

Bill Gates, em 1996, escreveu um artigo intitulado “Content is King” (O Conteúdo é o Rei), no qual ele defendia que a criação de conteúdo em nome de sua marca era a forma mais inovadora de promovê-la. Diferentemente do passado, quando a propaganda era totalmente focada no produto, hoje há um maior movimento no sentido de gerar conteúdo relevante, que agregue conhecimento e levante temas que as pessoas têm interesse em ler, curtir e compartilhar.

Pensando nisso, como sua marca pode agregar valor à vida das pessoas não só pelo produto ou serviço que oferece, mas também por meio de conteúdos e conversas relevantes que pode promover nos meios digitais? Estar nas redes é uma oportunidade de estreitar o relacionamento com seu público, promover a interação, e isso pode ser feito com a criação de conteúdos que despertem o interesse das pessoas, que as levem a melhor engajar seu negócio.

Esse engajamento pode ser mensurado por meio de números que as próprias plataformas oferecem. Pense no número de curtidas, comentários e compartilhamentos como indicadores que podem mostrar se sua estratégia vem funcionando, se sua divulgação vem gerando resultados, se a mídia que você escolheu (seja Instagram, LinkedIn, blog, etc) vem sendo a mais efetiva e alcançando mais pessoas etc.

Os benefícios da comunicação digital

Por fim, entendemos que a comunicação digital permite que aqueles que estão iniciando um negócio ou querem reformular a atuação dentro de um negócio já existente tenham:

  • Maior alcance e diversificação do seu público;
  • Maior conversão de seus espectadores em potenciais clientes;
  • Uma queda de barreiras geográficas (passam a alcançar pessoas de norte a sul, a distância deixa de ser um empecilho);
  • Um complemento ao serviço ou produto que já é oferecido no offline, ou a implementação de um negócio que pode já nascer 100% digital;
  • Reconhecimento da sua marca (as pessoas vão lembrar de você e de seu serviço);
  • Relacionamento com o público, mantendo-o engajado em seu conteúdo.

Como está sua presença online no momento?

Já se foi o tempo em que usar as redes sociais era sinônimo de passatempo ou espaço para descontração. Este é o momento de enxergar o potencial que temos na palma de nossas mãos e compreender o uso adequado e estratégico das mídias sociais como ferramenta de comunicação com nosso público. Frequência de postagem, produção de conteúdo relevante e interação com as pessoas, existem infinitas possibilidades de promover a marca nas mídias sociais, cada uma delas permitindo um formato diferente, de acordo com aquilo que se quer comunicar. Ao longo dos próximos artigos vamos abordar cada uma dessas mídias individualmente, então que tal nos contar qual você gostaria de ver no próximo?

Texto supervisionado pela professora Paula Barros e revisado pela professora Renira Appa

Vinicius Dutra