Caso de Sustentabilidade

Da terra que vem o meu sustento e o produto orgânico é alento!!!

Em 2019 em meio a falta de emprego e oportunidade, Evaldo dos Santos foi convidado por sua amiga a empreender na área rural, tendo como auxílio a cooperativa de agricultores da cidade de Cajamar, município há 29 KM da capital paulista. 

“O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho, é no dicionário”

Albert Einstein

Nesse período de desenvolvimento da agricultura, o empreendedor se especializou em produtos orgânicos e atualmente vive um momento de alta na produção, isso tudo devido ao auxílio da rede de parceiros e contatos formada no período de pandemia. 

A pandemia é só mais uma dificuldade!

No mês de junho de 2020, Edvaldo está concretizando de fato o sonho de empreender e viver do campo, mas tudo isso começou no início da pandemia da doença COVID-19. No final do ano de 2019, o empreendedor havia fechado um contrato com a prefeitura de Cajamar para fornecer Hortaliças orgânicas, com início em janeiro até agosto 2020 em parceria com a associação, quando deu-se início a produção, logo veio a notícia do fechamento das escolas da cidade, ou seja, locais para qual Edvaldo fornecia as hortaliças, então o recebimento de recursos da prefeitura ficaria parado também.

O período de incertezas e atribulações começa a diminuir, quando Edvaldo retoma o vínculo já estabelecido com a Aventura de Construir (ADC) e, as assessorias foram ferramentas que ajudaram a entender o panorama geral do seu negócio, situação que precisava de parcerias para minimizar os impactos da crise.

A primeira parceria vem com o Carrefourque por meio da ADC decidiu auxiliar o produtor rural, com a compra de seus produtos por meio da cadeia logística que utiliza com seus fornecedores, que vai desde o acompanhamento do plantio, data de fornecimento, embalagens com código de barras e entrega.

A segunda parceria, vem quando o empreendedor Edvaldo desenvolve um projeto com auxílio das assessorias da ADC, e é selecionado no projeto de “Matchfunding Enfrente” (doações coletivas turbinadas) que contou com a parceria da plataforma de mobilização de recursos – Benfeitora, Fundação Tide Setubal e ADC. O projeto desenvolvido para minimizar os impactos da crise com a assessoria da ADC, ultrapassar em mais de 11% a meta de arrecadação.

Nesse projeto, com programação para fornecimento entre final de junho e início de agosto, Edvaldo vai fornecer 1.500 hortaliças orgânicas, que alimentará 1.500 famílias e mais de 4.500 pessoas na região periférica de Cajamar, além de empregar 10 pessoas afetadas pela crise nas redondezas do empreendimento.

Mas engana-se quem acha que parou por aí, a prefeitura de Cajamar retoma o contrato que estava parado e a produção começa “a todo vapor” no mês de junho. Foi necessário contratar 3 pessoas para trabalhar no cultivo das hortaliças e honrar com seu compromisso de entregar a quantidade pedida até 15 de agosto de 2020 .

Percebemos que o empreendedor teve uma queda brusca no fornecimento de hortaliças no mês de abril, quando a crise estava mais acentuada, mas no mês de maio houve uma recuperação com o retorno dos termos do contrato com a prefeitura e o fornecimento das hortaliças para o projeto Tide Setubal.

Os recursos financeiros de Edvaldo estavam em queda desde fevereiro até maio, muito devido a forte queda da produção do mês de março e abril. O mês de junho superou as expectativas, com os recursos da Tide Setubal alavancando os números para um aumento de 382% em relação a fevereiro e mais de 1.000% em relação a maio de 2020. 

Não bastasse todos os desafios, o empreendedor teve mais um, a sazonalidade dessa época do ano, que dificultaria a entrega de hortaliças para o projeto Tide Setubal, mas com seu perfil empreendedor arrojado, Edvaldo buscou parcerias com os agricultores da região para atender a meta de fornecimento de 1.500 hortaliças, contribuindo assim com o fortalecimento da agricultura de sua região.

Por fim, vale ressaltar que Edvaldo ainda não conseguiu atender o projeto Carrefour, mas pelo empenho e dedicação, logo teremos um empreendimento “colhendo frutos” de mais um projeto e fortalecendo ainda mais a sua região, gerando emprego e renda. 

Aventura de Construir