Aproximação em tempos de crise

Em tempos de isolamento social a Aventura de Construir percebeu a aproximação de empreendedores por diversos canais de comunicação. Os motivos que levaram essas pessoas a buscar assessorias foram principalmente a gestão do negócio, com foco na parte financeira, como se verificará nos casos de Stella com Açaí da Iaiá, Marcela com Salão Rara Beleza e Suiane com a Sorveteria da Suzi. Uma particularidade dos atendimentos, é o uso de aplicativos para conversas por vídeo conferência nos três casos.

“Cuidado com as pequenas despesas. Um pequeno vazamento afundará um grande navio”

Benjamin Franklin

Salão Rara Beleza

Em março de 2020, Marcela de Oliveira começou a ser assessorada pelos consultores da Aventura de Construir e já foi na contramão de muitos donos de empreendimentos, utilizando o período de isolamento para aprender sobre a gestão financeira e com o conhecimento melhorar a saúde financeira do seu salão de beleza.

As assessorias foram realizadas incialmente por telefone, e depois por vídeo conferência, por meio da ferramenta Zoom. Incluir esta ferramenta no processo de assessoria expandiu a teia de conhecimentos de Marcela e dinamizou o trabalho, permitindo um acompanhamento mais efetivo da trajetória da empreendedora.

Durante as assessorias, o primeiro passo foi entender a situação de Marcela e orientá-la. Depois, com o panorama geral bem definido e conhecendo mais o modo de pensar e de agir da empreendedora, o foco das assessorias foi a solução dos problemas de lançamento financeiro.

Marcela conseguiu separar contas de casa e pessoaisdas contas do negócio, hoje a empreendedora consegue fazer um fluxo de caixa, tanto diário, quanto mensal, com lançamentos de entradas, saídas e cartões de débito e crédito (dificuldade presente em muitos negócios).

A empreendedora ainda realiza suas planilhas em um caderno específico, mas já está se familiarizando com o aplicativo Pagbank (criado pela pagseguro) para tornar os processos financeiros do salão mais automáticos e contará com todo apoio da equipe de assessores da Aventura de Construir.

Açaí da Iaiá

A empreendedora Stella dos Santos, teve a primeira assessoria realizada pela Aventura de Construir, em março de 2020. A maior dificuldade encontrada pela empreendedora, era realizar a separação entre orçamento pessoal do orçamento do negócio. Stella administra dois negócios, o Açaí da iaiá e a loja de serviços de chaveiro que o marido (Marcelo) toma conta.

Atualmente, o foco das assessorias está na separação de contas com sugestão de pró-labore para os envolvidos e já orientou a empreendedora, por meio da ferramenta o google meet (vídeo conferência e compartilhamento de tela, a registrar de forma sistemática as entradas e saídas do empreendimento e fazer um fluxo de caixa. 

O Excel foi a ferramenta escolhida por Stella e sua planilha apresenta quatro abas: Diário, Mês, Pessoal e Cartões de Crédito

Sorveteria da Suzi

A empreendedora Suiane Vieira chegou até a Aventura de Construir por meio das redes sociais em março de 2020. Diferentemente das outras empreendedoras deste caso, ela não chegou a participar de nenhuma atividade presencial realizada pela Aventura de Construir.

As primeiras assessorias presenciais com os empreendedores sempre apresentam desafios e aorealizá-las de forma totalmente virtual, os desafios são ainda maiores.

 Partir da realidade é um dos pilares metodológicos da Aventura de Construir e este valor fundamenta cada dia mais o trabalho realizado. Os olhos e ouvidos estão sempre atentos a ferramentas que contribuíam para o trabalho continuar sendo realizado com total ímpeto e organização.

Com Suiane não foi diferente, as assessorias foram realizadas com êxito. Por meio do diálogo honesto e da seriedade, a empreendedora se sentiu totalmente confortável para comunicar sua realidade e suas questões. Ela é responsável pela Sorveteria Suzi, que sofreu os impactos da crise de maneira devastadora, mas o espirito empreendedor não deixou que o negócio fechasse as portas de vez, já que a empreendedora vinha com dívidas controladas, mas com valores altos, sem margem para erros.

A solução foi colocar as máquinas e equipamentos que havia na sorveteria para funcionar, antecipando a produção de hamburguês, que era um planejamento para o futuro e foi posto em prática nesse período, Suiane fez o cadastro no Ifood e conseguiu até o momento vender por meio de delivery, assim contornando e suavizando os impactos da crise.

A empreendedora tem um bom controle financeiro, utilizando planilhas em Excel para lançamentos do mês e o fluxo diário por meio de aplicativo de celular. Mesmo com o controle realizado, a tabela precisou de ajuste no lançamento de cartões para não haver problemas no lançamento geral.

Nesses três casos, nota-se a importância das ferramentas digitais para atuar nesse período de isolamento social. Outro ponto verificado é que mesmo com o controle financeiro alinhado você corre riscos, mas consegue ter uma ação mais coordenada e assertiva para enfrentar os problemas. 

Essas empreendedoras participam ativamente em ações da Aventura de Construir, como por exemplo, a orientação para arrecadar auxílios financeiros (Fundo de Auxílio a Mulher Empreendedora e do Governo Federal), além de doação coletiva (Matchfunding) em parceria com a Fundação Tide Setúbal. 

Os recursos arrecadados para o período de isolamento social vão ser bem administrados, se depender do conhecimento construído nas assessorias realizadas pela Aventura de Construir e pela força de vontade das empreendedoras.

Se tivessem me perguntado se eu apostaria no que estou vendo continuamente acontecer nestas semanas não teria feito … a realidade é sempre maior que os nossos pensamentos!!!!

Aventura de Construir