Doe agora
 

Sonhos na gaveta, e outros, já arriscados, suor e dúvidas, e histórias de vida se encontram e compõem a paleta de cores de quem (sobre)vive a economia de subsistência.

As pessoas que encontramos através do voluntariado são a nossa grande oportunidade porque nos deixam um recado e nós precisamos aprender a enxergar e ouvir o que elas entregam para nós.
Cada um de nós deve dar muito mais do que a própria pessoa, se darmos somente nos mesmos é pouco demais. Tem algo que nos supera e que é o desejo do nosso coração. Precisa acreditar em algo maior: isso é o voluntariado! E vale muito além dos resultados imediatos que conseguirmos alcançar.

Tudo o que se faz no contexto do Programa Institucional de Voluntariado, e que precisa ser feito com profissionalismo, deve levar os microempreendedores a se perguntarem: “Por que faz isso para mim? Por que fazem isso para nós?” e deve ter como horizonte a construção do mundo, algo grande para que eles vislumbrem esta grandeza como possibilidade real para eles próprios.

Participar diretamente no progresso do microempreendedor de baixa renda, no crescimento econômico da comunidade e na transformação do bairro, auxilia o voluntário(a) ou a empresa a enxergar conosco como este desenvolvimento é um ganho coletivo, uma situação onde ganham todos os envolvidos.
Ganha o voluntário, que compartilha seu conhecimento obtido pela troca oferecida pelo programa para seu ambiente de trabalho, ganha a empresa que se torna responsável por um programa capaz de gerar mudanças positivas nos bairros e na sociedade, ganha a Aventura de Construir que desenvolve aprendizado contínuo para melhorar a própria ação nas periferias, e por fim ganha o microempreendedor, que adquire conhecimento para impulsionar seu negócio e a economia local.

Você deseja ser um voluntário e ajudar-nos a transformar os empreendimentos na base da pirâmide? Entre em contato conosco através do e-mail contato@aventuradeconstruir.org.br ou pelo telefone (011) 3895-0592. Muito obrigado … e verá, você será o primeiro(a) a ficar grato(a).