Chegou ao fim o Innovation Camp; Valeu, Junior Achievment!

Hoje completou uma semana do programa virtual Innovation Camp. Nos dias 20 e 21 de outubro, o primeiro projeto da parceria Aventura de Construir e Junior Achievement desafiou cerca de 20 alunos a encontrar soluções inovadoras a este case: Como promover o acesso para todos à educação de qualidade no isolamento social usando tecnologia.

Falamos no texto de lançamento dessa parceria do quanto se mostrava importante essa oportunidade de sairmos da nossa zona de conforto para novos aprendizados. No desenrolar das semanas que antecederam as atividades, nas quais realizamos contatos constantes com o público de 14 a 20 anos, pudemos nos renovar e reinventar a nossa forma de comunicação. Sair do automático no contexto de relações e interações cada vez mais rápidas não é nada óbvio – e torna-se ainda mais gratificante quando feita em conjunto. Mais uma vez, “a realidade nos convidou a aprender a aprender”!

Trecho do Innovation Camp que, desta vez, aconteceu 100% online

O programa teve duração total de 8 horas bastante intensas. Ao longo dos 2 dias de atividades, a dinâmica prática utilizada pela J.A. São Paulo possibilitou um profundo entendimento das ferramentas de Design Thinking. E como isto aconteceu?

Conforme avançavam no conteúdo mais expositivo, era reservado um tempo para que as equipes botassem a mão na massa no desenvolvimento do desafio. Esta união entre o expositivo e a prática é fundamental para aproximar a realidade dos participantes com os temas e ferramentas tratadas.

Partir da realidade torna nosso trabalho verdadeiramente significativo para aqueles que embarcam nessa jornada por se tornar praticável na vida de cada um. Como diz uma das participantes: “Essa experiência pode me ajudar profissionalmente pois tivemos que trabalhar em equipe, com a colaboração de todos, fizemos uma apresentação final que é como se fosse “para diretoria”, isso fora o processo de criação! É quase uma simulação de trabalho, né?”

Apoiados por um grupo de mentores voluntários, os participantes ainda saíram dessa experiência mais confortáveis com a dinâmica de trabalho em equipe, tendo trabalhado de forma transversal a questão da timidez e também da segurança, como relata um dos participantes: “Fiquei empolgado porque foi uma das poucas vezes que eu me dei bem trabalhando em grupo. Minha timidez me atrapalhava muito em socializar com outras pessoas na escola”. 

E o desafio? Bem, não é à toa que escolhemos o desafio de educação. Assim como já comentamos nesse post aqui nossa atuação na Aventura é diretamente relacionada com o ODS4 – Educação de Qualidade, assim como da Junior Achievement! Os participantes compartilharam como não tinham parado para pensar nessas questões com profundidade e adoraram ser instigados nesse sentido.

As equipes, além de desenvolverem as soluções, tiveram que apresentar suas propostas para uma banca examinadora no fim do segundo dia. Nessa hora o frio na barriga foi uma unanimidade! Mas, como disse uma das estudantes: “O frio na barriga é um sentimento que surge quando não estou acostumado a fazer certas coisas frequentemente. Então tudo bem!” Como é bom aprender coisas novas! 

Ministrantes e participantes juntos!

A galera que participou se engajou verdadeiramente! Toparam o desafio e, por adotarem essa postura protagonista, tornaram essa edição do Innovation Camp tão significativa para o coletivo e em suas vivências individuais – e, dessa maneira, todo mundo saiu ganhando! Já entre as soluções propostas, a vencedora envolveu a distribuição de chips de internet gratuitos para quem não tem acesso à internet e a criação de um espaço público com acesso à internet para que os alunos possam participar das aulas

O grupo também trouxe a proposta de um software inovador, que motivasse os alunos a assistirem e se dedicarem às aulas, com aulas ao vivo e gravadas, aulas de libras e um ranking de alunos – gerando uma competição entre eles e uma motivação para participarem das aulas.

Agradecemos à equipe Junior Achievement São Paulo, Estação Hack São Paulo, aos mentores voluntários e a cada um dos jovens participantes! 

O que é metodologia ágil e quais os formatos de aplicação

Cada participante vem com uma bagagem de saberes, e utilizá-la é ponto de partida para aprofundar o processo de aprendizado! Teve gente que nunca tinha escutado falar nesse tal do Design Thinking. Abaixo compartilhamos depoimento de um dos participantes dessa experiência:

“Participar do Innovation Camp foi extremamente gratificante! Superou minhas expectativas do começo ao fim. Aprendi coisas que eu não fazia ideia que existiam e que me agregaram muito valor. A hora da apresentação do projeto para a banca avaliadora me deu aquele frio na barriga! Aquela insegurança de errar ou não conseguir explicar, mas deu tudo certo!

O curso em si me deixou bem empolgado, desde o início. Na hora da apresentação, mesmo estando nervoso na hora, também estava bem eufórico e depois a euforia assim que meu grupo ganhou. 

O mais importante é que com certeza ter participado dessa experiência vai me ajudar muito, já que pretendo trabalhar com a área de projetos e vi que o Design Thinking vai me fortalecer bastante nisso – eu nunca tinha ouvido falar, mas fiquei muito grato de ter aprendido sobre.” Victor, 19 anos

Até a próxima!

Aventura de Construir