Doe agora

Fazer com os outros para construir e crescer

Com um desejo incansável de despertar o protagonismo nas pessoas, a Aventura de Construir trabalha com assertividade desde 2012 para o acompanhamento dos próprios beneficiários.

O nosso olhar é construido pelo contato cotidiano com os microempreendedores que atendemos: buscamos profundidade nas questões que assolam as pessoas e acreditamos que compreendendo a realidade, conseguimos traduzir esta experiência em conteúdo para o nosso público. Dialogamos e interagimos com as diferentes realidades encontradas e avaliamos que este é um caminho sólido para o desenvolvimento e para encarar a atual “mudança de época”, na qual nos encontramos.

A Aventura de Construir atingiu, desde o seu início, mais de 5.000 empreendedores de baixa renda nas periferias de São Paulo. Em sua jornada, a ADC conseguiu agregar à sua volta, como “círculos concêntricos”, amigos, profissionais, voluntários, pessoas de altíssimo valor humano e profissional que enxergaram a importância do nosso trabalho e de uma metodologia que gera frutos e, ao mesmo tempo, precisa de continuidade.

Nós demos conta de que todos que chegaram a conhecer o mundo da ADC ficaram de alguma forma marcados.

Talvez pela proposta de capacitações diferenciadas, customizadas, gratuitas e adequadas às necessidades dos beneficiários e do atual mercado que, em 2017, abrangeu desde temas de finanças e poupança até a inovação tecnológica, passando pelo desafio da educação e a economia criativa. As nossas capacitações favorecem a participação, a interação entre os integrantes, a criação de redes pessoais e profissionais em um ambiente que estimula o desenvolvimento do espírito crítico e a abertura de horizontes do pensamento.

… Ou pela determinação em gerar resultados de impacto e mudanças na vida das pessoas, reais e mensuráveis: por este motivo criamos em 2015 o Sistema Institucional de Indicadores de Impacto e que foi aprimorado neste ano através de uma consultoria pró-bono realizada por profissionais norte-americanos. É um produto raramente utilizado no Terceiro Setor que mostra o nosso comprometimento com os valores da transparência, atenção à realidade e excelência.

… Ou então pela capacidade de criar pontes em um momento de conjuntura socioeconômica difícil: eis que a ADC abriu novas oportunidades e fez mundos distintos dialogarem ao proporcionar palestras de profissionais renomados para micro empreendedores das periferias de São Paulo.

… Ou ainda por colocar a pessoa sempre ao centro do nosso trabalho, acompanhando-a para que se torne protagonista da própria vida. “Uma metodologia que faz os olhos dos nossos beneficiários brilharem”, disse um voluntário da ADC.

Qualquer que seja o motivo, o aspecto mais importante é o caminho trilhado, porque nele há sempre aprendizados.

“Se quer ir rápido, vá sozinho. Se quer ir longe, vá em grupo”, recita um provérbio africano.

Para continuar a caminhar, precisamos dos outros.

Desejamos a todas as pessoas que acompanham o nosso trabalho um feliz Natal e novas oportunidades que despertem o senso de construção no ano de 2018.

 

 

 

 

Silvia Caironi