É possível encarar os novos desafios? E como?

Das respostas a estas perguntas nasce o projeto Alfabetização em informática em parceria com a Secretaria Municipal de Inovação e Tecnologia (SMIT) da prefeitura de São Paulo. 

O ano de 2020 já chegando ao fim, mas o trabalho na Aventura de Construir (AdC) ainda segue à todo vapor! Na semana passada demos início a um novo projeto, uma realização da AdC financiada pela SMIT via Emenda Parlamentar da Vereadora Janaína Lima (Novo)

O projeto visa desenvolver uma jornada digital de aprendizagem humana integral que prepare funcionários dos Telecentros e DigiLabs da cidade de São Paulo a formar microempreendedores a usufruírem de uma nova realidade virtual, garantindo uma alfabetização em informática que seja eficaz e aplicável às ofertas de produtos e serviços num cenário de pandemia e pós-pandemia que nos impõe uma série de adaptações e desafios para viver um “outro normal”. 

O Telecentro é espaço público que oferece computadores, internet e outras tecnologias de inclusão digital para que pessoas sem estes acessos possam comunicar-se e utilizar tais ferramentas para uma série de atividades, como procurar trabalho e estudar, enquanto desenvolvem, simultaneamente, habilidades digitais essenciais. Já o Digilab é um projeto piloto de modernização do Telecentro direcionado a públicos específicos, visando modernizar não somente os computadores, mas trazer uma nova vocação à unidade, de modo que supra as necessidades do público que a utiliza. 

O objetivo deste projeto realizado pela AdC com estes parceiros é formar multiplicadores  nos Telecentros e DigiLabs que possam replicar os conteúdos aprendidos de acordo com seus respectivos escopos de atividades, permitindo que novos modelos de negócio sejam desenvolvidos para atender de forma concreta às reais demandas e necessidades das “periferias” de São Paulo. Buscamos, assim, criar e democratizar oportunidades de aprendizado aplicáveis no cotidiano de microempreendedores de distintos ramos de atuação.

Este projeto surgiu no momento pelo qual a AdC partiu de uma realidade concreta: a crise econômica brasileira, agora acirrada pela disseminação do Covid-19, nos exigindo enfrentar a situação com soluções criativas para viver um “outro normal”. Neste sentido, nos orientamos pelo nosso próprio método de trabalho, propondo o empreendedorismo como umas das alternativas mais viáveis e interessantes para que famílias em situação de vulnerabilidade consigam obter renda de forma estável, assim como gerar oportunidades de emprego em seu entorno.

Num cenário de imprevisíveis mudanças e aceleração da utilização de métodos, ferramentas e suportes digitais, decidimos então promover a alfabetização em informática. O acesso a este conhecimento tem o potencial de ampliar uma visão de negócios capaz de gerar diferentes transformações territoriais, permitindo ainda que os conteúdos ministrados sejam sempre multiplicados no interior de programas de inclusão digital da Prefeitura de São Paulo. 

Através desta jornada, buscamos:

  • Democratizar o uso das novas tecnologias que geram oportunidades de renda e emprego para um público que ainda tem acesso restrito a este tipo de conhecimento;
  • Promover uma real mudança de mindset, desenvolvendo nos participantes uma atitude flexível, proativa, colaborativa e, ao mesmo tempo, aberta para seguir aprendendo por meio de modelos à distância e multiplicar tais aprendizados;
  • Disseminar competências e habilidades exigidas para fortalecer economias de baixa renda através de processos autônomos e protagonistas
  • Compartilhar possíveis novos modelos de negócio que utilizem a informática como forma de atender concretamente às reais demandas e necessidades dos negócios de microempreendedores usuários dos Telecentros e Digilabs.

E sabe qual é a melhor parte disso tudo?! As capacitações já iniciaram com muito gás e feedbacks positivos! Por isso, queremos, além de divulgar essa nova iniciativa, celebrar o momento e agradecer muito a cada uma das pessoas envolvidas para tirar este projeto do papel! Em especial à Vereadora Janaína Lima que procurou a AdC para desenhar esta jornada e criar as pontes com a Secretaria Municipal de Inovação de Tecnologia (SMIT) para financiá-la. 

Para quem ficou ainda com um gostinho de quero mais, confere aqui os comentários que estão rolando dos participantes:

“Para mim, os exemplos reais de empreendedores, foi o que mais me surpreendeu. Gostei muito e achei bem legal a forma que vocês estão apresentando o curso”.

“(…) Os assuntos abordados são muito interessantes e, brilhantemente conduzidos, têm o poder de provocar a reflexão e o esforço no questionamento do que sei, do que não sei e estar atento para o que posso vir a aprender. Se instigam reflexões cujas respostas são concretas, realistas, complementados com comentários elucidadores”.

“(…) Conheci ferramentas de trabalho que nunca tinha usado”.

“Primeiro tenho que parabenizar este curso por estar capacitando nós agentes de inclusão digital ao atender uma classe que mais precisa com essa mudança tecnológica e infelizmente de forma mais rápido devido a pandemia (…)”. 

Gratidão demais aos envolvidos e também aos participantes que mergulharam nesta aventura com a gente!!!

Admin Admin