10 dicas de redes sociais para microempreendedores

Não é novidade que as redes sociais fazem parte da vida de milhares de brasileiros. Uma pesquisa feita pelo IBGE em 2018 aponta que, no país, sete em cada dez brasileiros acessa a internet diariamente. Além disso, 66% da população tem conta em alguma plataforma digital e o tempo de navegação varia de 30 minutos até seis horas ao dia.  

O mercado percebeu esta movimentação há tempos e, hoje, é comum entrar no LinkedIn e encontrar uma avalanche de vagas em busca de profissionais que ocupem as cadeiras de comunicação e marketing

Vale levar em consideração que 2020 foi o ano da transformação digital! A pandemia pelo (nem tão) novo Coronavírus obrigou todos nós, que tínhamos uma vida também fora das redes, a conversar, estudar, trabalhar e passar o tempo livre assim, online. O resultado, como vimos, foi um número incontável de lives, cursos EaD sendo criados e novas funcionalidades lançadas.

Desde o início da quarentena, o tempo de internet dos brasileiros aumentou em 50% de acordo com dados da Anatel. Com tanta gente conectada e comprando online, essa é a hora dos empreendimentos brilharem. 

Mas como chegar ao seu público – e ele com certeza está nas redes! – de maneira assertiva e orgânica? Confira 10 dicas que separamos para ajudar o seu negócio a aparecer neste universo! 

  1. Conheça o seu público alvo

Com quem você quer falar? Homens, mulheres ou ambos? Adolescentes ou adultos? Definir tudo isso é importante e é a partir dessa definição inicial que você vai criar os conteúdos da sua rede social. 

  1. Faça um planejamento do seu conteúdo

Na hora de fazer seus posts, planejamento e organização são fundamentais. Faça um calendário com os seus conteúdos semanais, assim, você evita publicações repetidas ou ultrapassadas. 

  1. Siga o seu planejamento de conteúdo!

Parece óbvio, mas não é: não adianta fazer o planejamento e não seguir. A consistência e a sistematicidade nas redes sociais são essenciais! Desta maneira o algoritmo – que é um dos responsáveis pela entrega do seu conteúdo – entende a relevância da sua página e entrega para, cada vez, mais pessoas. 

Além disso, a consistência te ajuda na hora de construir uma comunidade e manter os seguidores engajados, afinal, uma vez que você segue o cronograma, o público passa ver a sua marca com frequência e entender que determinadas vezes por semana (ou de acordo com o seu calendário), sua marca vai aparecer com novidades. 

  1. Interaja com os seus seguidores

Principalmente se o comentário for uma dúvida – o SAC 2.0, que é o digital, quando feito de maneira regular, demonstra qualidade de atendimento e preocupação com o público. 

Além disso, deixar uma resposta ou uma curtida ali, naquele comentário feito por um seguidor, engaja o público a seguir interagindo com as suas publicações e educa o algoritmo a continuar mostrando os seus posts no feed de quem te segue.

5. Mantenha as informações sempre atualizadas

Em todas as redes existe um espaço para que você coloque informações básicas do seu estabelecimento. Mantenha telefone, endereço, horário de funcionamento e demais dados sempre atualizados. 

Nada mais chato do que tentar ligar ao telefone de alguém e ouvir a mensagem “este número não existe”, né?

6. Acompanhe o engajamento

Vale a pena tirar um tempinho e acompanhar o engajamento dos seus conteúdos. Quantas pessoas curtiram, comentaram ou compartilharam? Este dado é fundamental na hora de definir, por exemplo, o seu cronograma de conteúdos seguintes, uma vez que você tem a visão do que trouxe resultados e o que não.

7. Utilize as funcionalidades das redes!

O Instagram é tudo em um só. Tem feed, stories, Reels, IGTV e por aí vai. No TikTok, a mesma coisa. Facebook, Twitter, LinkedIn: igual. Investir apenas em um formato vai deixar o seu conteúdo ultrapassado

Aqui, vale lembrar: nem sempre complexidade é sinônimo de qualidade. As vezes vale a pena fazer um vídeo simples, sem edição, e postar nos stories do que mais um conteúdo no feed. 

8. Não confunda a sua página pessoal com a do seu negócio

Da mesma maneira que as despesas precisam ser separadas entre empreendimento e vida pessoal, as redes sociais também necessitam dessa divisão. 

Na página comercial invista em conteúdos sobre o empreendimento ou assuntos relacionados ao seu ramo. Assim, você mantém a autoridade e credibilidade do seu perfil e não confunde o público. 

As selfies podem ficar para o perfil pessoal. 

9. Busque inspiração! 

Copiar é diferente de se inspirar – e esse último está mais do que permitido! 

Muitas vezes é difícil pensar em um planejamento de conteúdo. Ainda mais quando você já fez isso outras vezes. É normal, as ideias esgotam. Quando isso acontecer, você pode entrar na rede social daquela loja ou salão de cabeleireiro dos sonhos e pegar algumas inspirações para se reinventar.

10. Deixe a caixa de mensagens sempre aberta para o público

O público é o nosso maior termômetro do que funciona ou não nas redes sociais – ou no próprio empreendimento! Por isso, ouvir as críticas construtivas e respondê-las é extremamente importante. 

Esperamos que essas dicas ajudem o seu negócio a engajar cada vez mais pessoas nas redes sociais!

Se você gostou, não deixe de acompanhar a AdC no Instagram e Facebook, de deixar os seus feedback para melhorar sempre mais a nossa comunicação ou assinar a nossa Newsletter no rodapé deste website!

Aventura de Construir